Equipe técnica disponível 24 horas

O Centro de Diagnóstico por Imagem(CDI) do Hospital São Francisco de Paula possui um parque tecnológico de alta tecnologia para apoiar ainda mais os profissionais que ali trabalham. O CDI oferece segurança e qualidade, realizando seus exames sem contraste 24 horas por dia.


Conheça os exames realizados pelo CDI:

Eletrocardiograma de repouso (ECG)

Como é feito o exame?

Como o próprio nome sugere, é um exame que permite a avaliação elétrica da atividade cardíaca (eletricidade que ele produz e transmite na pele), registrada em gráficos que são comparados com gráficos padrões e que indicam, assim, o estado de normalidade ou de alteração dos músculos e nervos do coração.

O resultado do eletrocardiograma é entregue em até 3 horas.

Quando está indicado?

Apesar de ser de execução muito simples, o eletrocardiograma é um exame muito importante na cardiologia, pois ele permite diagnosticar desde condições normais de nascença, até outras muito graves, como os infartos, crescimento de cavidades e disritmias, por exemplo.

Eletrocardiograma de esforço

Como é feito o exame?

O Eletrocardiograma de esforço é realizado sob orientação de um médico cardiologista. São colocados os eletrodos no peito do paciente para realizar a prova física e então o próximo passo é colocar o paciente na esteira ergométrica e iniciar o exame. O teste deve ser imediatamente interrompido se o paciente apresentar grande exaustão, cansaço ou a pressão subir ou cair abruptamente. Alterações no ritmo cardíaco e anormalidades cardiovasculares também são indicadores de término do exame.

Quando está indicado?

Normalmente o exame é indicado para a investigação da circulação sanguínea coronariana, principalmente em pessoas que tenham histórico familiar de doenças cardiovasculares.

Eletroencefalograma (EEG)

Como é feito o exame?

O EEG é realizado através da colocação de eletrodos no couro cabeludo, com auxílio de uma pasta condutora que além de fixá-los, permite a aquisição adequada dos sinais elétricos que constituem a atividade elétrica cerebral. Inicialmente é feito um registro espontâneo da atividade cerebral durante a vigília (paciente acordado). Se possível, essa atividade é registrada também durante a sonolência e o sono.

O registro em todos esses estados aumenta a sensibilidade do método na detecção de diversas anormalidades.

Quando está indicado?

O objetivo desse exame é obter registro da atividade elétrica cerebral para o diagnóstico de eventuais anormalidades dessa atividade.
Suspeitas de alterações da atividade elétrica cerebral e dos ritmos cerebrais fisiológicos.
Epilepsia ou suspeita clínica dessa doença. Pacientes com alteração da consciência.
Avaliação diagnóstica de pacientes com outras doenças neurológicas (infecciosas, degenerativas) e psiquiátricas.

Endoscopia Digestiva Alta

Como é feito o exame?

A Endoscopia Digestiva Alta (EDA) é um exame que tem como objetivo diagnosticar e tratar algumas das doenças mais comuns do sistema digestivo superior.
A endoscopia também pode ser chamada de esofagogastroduodenoscopia, pois é um exame endoscópico que permite a visualização direta do interior do esôfago, estômago e duodeno.
A endoscopia digestiva é feita com um aparelho chamado de endoscópio, um longo e fino tubo flexível, que possui uma câmera na sua extremidade, permitindo que os interiores dos órgãos digestivos sejam filmados.

Quando está indicado?

  • Investigação de quadros de dor ou desconforto inexplicável no abdome superior;
  • Avaliação da gravidade da doença do refluxo gastroesofágico, que não responde ao tratamento clínico inicial;
  • Investigação de quadro de náuseas e vômitos persistentes;
  • Avaliação e possível tratamento para quadros de sangramentos do trato gastrointestinal superior (como vômitos com sangue ou sinais de sangue digerido nas fezes, sugerindo o estômago como causa);
  • Investigação de varizes de esôfago em pacientes com cirrose e/ou hipertensão portal;
  • Investigação de quadros de anemia por carência de ferro sem causa definida;
  • Investigação de quadros de dificuldade de engolir alimentos ou sensação de comida entalada no esôfago;
  • Remoção de corpo estranho acidentalmente engolido;
  • Avaliar gravidade da lesão do esôfago em pacientes que ingeriram soda cáustica, água sanitária (lixívia) ou qualquer outra substância corrosiva;
  • Avaliar cura ou evolução de pólipos, tumores ou úlceras encontradas em endoscopias anteriores;

Colonoscopia

Como é feito o exame?

A colonoscopia é um exame cujo objetivo é permitir que o médico possa olhar diretamente para dentro do cólon (intestino grosso). Para tal, usamos um aparelho endoscópico chamado colonoscópio.
A colonoscopia é feita através da introdução do colonoscópio pelo ânus e progressão do mesmo até o início do cólon e final do intestino delgado. Na extremidade do colonoscópio há uma micro câmera que transmite as imagens para um monitor, permitindo que o médico veja e grave o que ocorre dentro do intestino grosso.

Quando está indicado?

  • Exame de rastreio para o câncer de cólon;
  • Investigação de sangramento intestinal;
  • Investigação de alterações nos hábitos intestinais, como diarréia persistente;
  • Investigação de anemia por carência de ferro;
  • Como exame de acompanhamento de pessoas com pólipos intestinais;
  • Investigação de dor abdominal crônica e sem causa aparente;
  • Confirmação de resultados anormais em exames não invasivos, como radiografias, tomografia computadorizada ou ultrassonografia;

Retossigmoidoscopia

Como é feito o exame?

A retossigmoidoscopia é um exame endoscópico que permite a visualização do interior da parte final do intestino grosso (reto e sigmóide) e o ânus.

Após a administração dos medicamentos sedativos, é realizado um toque retal para relaxamento dos esfíncteres anais, seguido da introdução do aparelho. Após posicionamento apropriado, o aparelho é introduzido suavemente através dos segmentos finais do intestino grosso, permitindo o exame cuidadoso de toda a mucosa e do canal anal interna e externamente.

Quando está indicado?

  • Mucosa do reto e sigmóide;
  • Verificar a presença de câncer retal;
  • Pólipos intestinais;
  • Divertículos em sigmóide;
  • Colites;
  • Diagnosticar amebíase através de biópsia de reto;

Fibrobroncoscopia

Como é feito o exame?

A broncoscopia ou fibrobroncoscopia é um exame realizado através de um aparelho com fibras ópticas, que permite a visualização interna do sistema respiratório, indo desde a laringe até os brônquios.

Quando está indicado?

    Os brônquios precisam ser examinados em casos de:
  • Hemoptise (escarro com sangue);
  • Aspiração de corpo estranho;
  • Coleta de material para culturas em pneumonias graves;
  • Investigação e o diagnóstico do câncer de pulmão;

Phmetria

Como é feito o exame?

A phmetria esofágica é um exame em que se mede a acidez do refluxo ácido do estômago, esôfago e faringe. Atualmente, é o exame mais adequado para avaliar-se a intensidade dos refluxos gastroesofágico.

Quando está indicado?

    A phmetria esofágica ajuda a esclarecer:
  • Casos de dor torácica de origem não cardíaca;
  • Tosse crônica;
  • Sintomas de Refluxos gastroesofágico;
  • Regurgitação alimentar;
  • Disfagia (dificuldade para engolir);
  • Odinofagia (dor para engolir);
  • Vômitos ou náuseas repetidos;
  • Refluxos gastroesofágico resistentes às terapêuticas clínicas;

Manometria

Como é feito o exame?

A manometria esofágica é um procedimento para determinar as pressões que a musculatura do esôfago exerce em condições de repouso e durante a deglutição. Para facilitar a introdução de uma sonda e minimizar o desconforto, é administrado um gel anestésico em uma das narinas. Um cateter é guiado através do nariz e esôfago. Este procedimento não interfere com a respiração. Depois que o cateter estiver no lugar, o paciente é convidado a deitar de costas sobre uma mesa de exame, um computador conectado ao cateter registra a pressão, força e padrão das contrações musculares esofágicas.

Quando está indicado?

Manometria pode ajudar a diagnosticar várias doenças do esôfago, uma delas é a acalasia, que é a condição em que o músculo do esfíncter esofágico inferior não relaxa completamente com cada deglutição. Como resultado, a comida fica retida dentro do esôfago;

O funcionamento anormal do músculo do esôfago também pode causar episódios de dor intensa no peito que podem imitar a dor do coração (angina) com cada deglutição;

Radiologia

O serviço de Radiologia do Centro de Imagens do Hospital Universitário São Francisco de Paula conta com uma equipe técnica habilitada a prestar completa assistência de apoio diagnóstico 24 horas, todos os dias da semana.

Possui ainda médicos com ampla experiência em radiologia convencional e em exames especializados. Os exames podem ser agendados 24 horas por dia, por telefone ou diretamente no Setor de Atendimento.

Para mais informações ligue (53) 2128.8310, após as 19hs ligue (53) 2128.8371.

  • Abdômen - AP Lateral
  • Abdômen Agudo
  • Abdômen Simples - AP Total
  • Adenóides (Lateral)
  • Antebraço
  • Arcada Zigomatica - Malar
  • Articulação Acromio-Clavicular
  • Articulação Coxo-Femural (Lado)
  • Articulação Escapulo-Umeral
  • Articulação Esterno-Clavicular
  • Articulação Sacro-Ilíaca
  • Articulação Temporo-Mandibular
  • Articulação Tíbio-Társica (Tornozelo)
  • Bacia
  • Braço
  • Calcanhar (Calcâneo)
  • Cavum (Rinofaringe)
  • Clavícula
  • Colangiografia Pós e Pré Operatório
  • Coluna Cervical: AP + Lateral
  • Coluna Cervical: Funcional
  • Coluna Dorsal
  • Coluna Dorso-Lombar (Escoliose)
  • Coluna Lombo-Sacra
  • Coluna Lombo-Sacra com Oblíquas
  • Coluna Lombo-Sacra: Funcional
  • Coluna Total (Vertebral)
  • Condutos Auditivos Internos
  • Coração e Vasos da Base PA + Lateral
  • Costelas (Hemitórax)
  • Cotovelo
  • Coxa (Fêmur)
  • Crânio
  • Dedos (Quirodactilos)
  • Duodenografia Hipotônica
  • Enema Opaco (Clister Opaco Duplo Contraste)
  • Escanometria (Exame na tomografia)
  • Esôfago
  • Esterno
  • Fistulografia
  • Hipofaringe
  • Joelho
  • Laringe
  • Laringografia
  • Mão (Cada uma)
  • Mãos e Punhos - (Idade Óssea)
  • Mastóide ou Rochedos Bilateral
  • Maxilar Inferior
  • Mediastino
  • Ombro ou Omoplata
  • Órbitas
  • Ossos da Face
  • Panorâmica de Membros (Cada membro)
  • Pé ou Pododactilos
  • Perna
  • Pielografia
  • Punho
  • Radiopelvimetria
  • RED (Estômago + Duodeno)
  • REED (Estômago + Duodeno + Hiato)
  • Sacro-Cóccix
  • Seios da Face
  • Sela Túrsica
  • Tórax
  • Transição Dorso-Lombar
  • Trânsito e Morfologia (Trânsito Intenstinal)
  • Uretrocistografia
  • Urografia Venosa
  • Útero Grávido

Tomografia

A Tomografia Computadorizada é um exame diagnóstico que produz imagens com grande clareza de qualquer parte do interior do corpo humano. É totalmente indolor e não apresenta nenhuma contra-indicação, qualquer paciente pode realizá-lo, adulto ou criança.

Poderá haver a necessidade de se utilizar um meio de contraste a fim de aumentar a capacidade diagnóstica da região a ser analisada. O Contraste é uma substância líquida e segura, que será injetada na veia durante a realização do exame. Os técnicos e enfermeiros estarão disponíveis para responder a quaisquer dúvidas sobre o procedimento.

Para mais informações ligue (53) 2128.8310, após as 19hs ligue (53) 2128.8371.

  • Abdomen superior
  • Abdomen total ou Aparelho urinário / Urotomografia
  • Articulação - Cada
  • Articulação sacro-ilíaca
  • Bacia
  • Coluna cervical
  • Coluna dorsal ou torácica
  • Coluna lombar - Lombo-sacra
  • Coluna vertebral ou total
  • Crânio
  • Face
  • Mastóides ou Ouvidos
  • Órbitas
  • Pelve ou Abdomen Inferior
  • Pescoço (partes moles, laringe)
  • Segmentos Apendiculares (braços e pernas)
  • Seios da Face
  • Tórax

Ultrassonografia

O Serviço de Ultrassonografia também está entre os exames de Imagens do HUSFP, é amplamente utilizado para guiar procedimentos como punções e biópsias, permitindo a coleta com muita precisão de fragmentos de tecidos ou líquidos corporais para exame histopatológico.

  • Abdômen superior
  • Abdômen total - superior + peritônio + rins (6hs de jejum e bexiga cheia)
  • Aparelho urinário ou renal - rins, bexiga e próstata
  • Articulações - joelho, perna, ombro
  • Axilar
  • Bolsa escrotal
  • Cervical - parótida
  • Craniana - transfontanelar
  • Hipocôndrio direito
  • Mama (Trazer Mamografias)
  • Músculo esquelético
  • Obstétrico
  • Obstétrico - transluscencia
  • Obstétrico - perfil biofísico fetal
  • Obstétrico morfológico
  • Pélvica - ginecológico (Bexiga cheia)
  • Partes moles
  • Pélvico - masculino (Bexiga cheia)
  • Próstata via-tranretal
  • Próstata via-abdominal (Bexiga cheia)
  • Região inguinal
  • Retroperitônio
  • Tireóide
  • Tórax - extra cardíaco
  • Transvaginal
  • Transvaginal para controle ovulação (3x)

Contatos

Rua Marechal Deodoro, 1123
Pelotas/RS
Cep: 96020-220
Centro - Pelotas - RS - Brasil

Fone: + 55 (53) 2128-8310