CAPELANIA
HOSPITALAR

Oferecemos assistência espiritual

A Capelania do Hospital Universitário São Francisco de Paula tem como missão compartilhar a fé cristã por meio da Palavra de Deus, participando, assim, ativamente do processo de humanização do ambiente hospitalar. Através da Pastoral quer auxiliar no encontro da paz e harmonia, confiança e solidariedade que possibilita ao paciente experienciar seu significado mais profundo da existência humana.

Capelania é um ministério religioso, pastoral, espiritual católico, solidário, humanitário, fraterno que leva a fé, a esperança e o amor (cf. 1 Cor 13,13) revelando, assim, o toque do amor de Deus aos necessitados. Oferece assistência religiosa aos pacientes com a mesma atribuição de pastor que acompanha, cuida, orienta e protege em todas as situações, especialmente no momento de fragilidade.

Também presta a devida assistência eclesial Católica junto à Direção, Corpo Clínico, Colaboradores e Serviços Assistenciais.

O ministério coordena o serviço religioso do HUSFP, sob a responsabilidade do Capelão do Hospital Universitário São Francisco de Paula - Diácono Volnei Fonseca Ferreira.

Mais informações através do fone: 2128-8597

Conheça as atividades e serviços da Capelania:

- Celebração da Santa Missa todas as sextas-feiras às 10h. Na segunda sexta-feira de cada mês ocorre a Missa da Saúde com bênção aos presentes.

- Celebração da Palavra as terças-feiras às 10h30min.

*Contamos com a honrosa presença do Bispo Emérito Dom Jayme Henrique Chemello que preside as celebrações eucarísticas e atende confissões.

- Atendimento e confissões à comunidade hospitalar e externa todas as sextas-feiras das 8h30min às 9h30min.

- Unção dos enfermos a cargo dos párocos de cada paróquia.

- Visitar e dialogar com os pacientes internados no pronto socorro, UTI e leitos do hospital as terças e sextas-feiras das 9h às 10h pelo “Grupo SOS Oração”, formado por voluntárias e orientado pelo Diácono Capelão do Hospital, contribuindo intensamente à saúde Espiritual e Emocional do ser humano proporcionando-lhes consolo e encorajamento a partir da fé cristã.

- Ouvir, dialogar e aconselhar familiares de pacientes internados.

-Orar e promover devoções e sacramentos com pacientes, familiares e profissionais de saúde em busca do fortalecimento da fé e confiança. - Integração em algumas comissões: Bioética e Humanização.